Adotar a estratégia de trading de criptomoeda adequada irá fazer com que você tenha mais sucesso com suas negociações, principalmente a longo prazo. Conhecer os indicadores, conceitos de ordens de venda e gerenciamento de riscos também é essencial para realizar o trading. 

Por esse motivo, reunimos as principais informações para que você crie sua  estratégia de trading e tenha lucros incríveis com suas operações. Seja você um trader experiente ou iniciante, alavanque suas especulações e negociações em criptomoedas.

O que é trading de criptomoeda?

Frequentemente, os negociadores iniciantes têm uma dúvida muito pertinente. Mas afinal: o que é trading no mercado de criptomoeda? Para sanar esse questionamento, o primeiro passo é compreender sobre este mercado. Então, vamos lá!

As criptomoedas são ativos digitais que surgiram para modificar o formato com que as transações convencionais são realizadas. 

Criptomoedas são moedas digitais que estão em alta no mercado. O Bitcoin é o tipo mais conhecido de todas elas.

Pela tecnologia de blockchain, as criptomoedas se mostram altamente seguras, incluindo um sistema financeiro alternativo que fornece descentralização e privacidade para os seus usuários. 

As principais vantagens do trading de criptomoedas envolvem:

  • Grande variedade de ativos disponíveis para operar;
  • Disponibilidade de negociar em um mercado que funciona 24/7 (24 horas por dia, todos os dias da semana);
  • Presença de indicadores e instrumentos eficientes para análises de mercado;
  • Enorme oportunidade de lucros quando as estratégias são aplicadas com sabedoria;
  • E a possibilidade de aplicar multiplicadores e alavancar as operações.

Criptomoedas notáveis

Embora o Bitcoin seja a mais famosa de todas as criptomoedas, existem vários outros ativos que fazem parte do cripto mercado, com uma gama de opções para quem deseja operar. 

As notáveis criptomoedas incluem:

  • Bitcoin e Bitcoin Cash;
  • Cardano;
  • Ether;
  • IOTA;
  • Litecoin;
  • Monero;
  • NEO;
  • Ripple;
  • Stellar.

As principais criptomoedas do mundo estão disponíveis para análise direta em plataformas, seja seu ativo principal o Bitcoin, Ripple, Ether ou outros.

Por se tratarem de ativos voláteis que estão submetidos a adaptações constantes, quem deseja lidar com o trading de criptomoedas precisa se capacitar constantemente, acompanhando o mercado e elaborando suas próprias estratégias de acordo com os objetivos pessoais de negociação.

Plataformas oferecem uma gama de criptomoedas para especular o mercado.
Plataformas oferecem uma gama de criptomoedas para especular o mercado.

Tipos de análise de trading de criptomoeda

Determinadas estratégias irão focar em uma análise técnica (relacionada com o movimento dos preços), enquanto outras levarão em conta a analise fundamental (olhando para fatores econômicos gerais). 

Como a abordagem fundamentalista está relacionada com um trading de longo prazo se compararmos com a analise técnica, até tais diferenças precisam ser consideradas no momento de escolher uma estratégia de trading de criptomoeda.

Para que suas análises tragam ainda mais sucesso, o conhecimento é algo que jamais deve ser ignorado. Por isso, compreender termos básicos como mercado de urso (mercado em baixa) ou touro (mercado em alta) é um dos passos para se dar bem no mundo dos ativos digitais. 

Dicas para ter sucesso no trading de criptomoeda:

  • Escolha um criptoativo para operar;
  • Conheça os tipos de ordens disponíveis;
  • Realize análises a partir de indicadores;
  • Crie sua própria estratégia de trading de criptomoeda;
  • E jamais deixe de gerenciar os riscos.
Acompanhe as movimentações do Bitcoin em tempo real.
Acompanhe as movimentações do Bitcoin em tempo real.

Neste artigo, falaremos bastante sobre as estratégias e indicadores em si. Mas como os tipos de ordens também são essenciais, por que não citá-los? 

Tipos de ordens para a compra ou venda de criptoativos:

Primeiro de tudo: as ordens limitadas (como o próprio nome já diz) irão limitar um valor para suas operações, a partir da ordem de venda (sell order) e da ordem de compra (buy order). 

As ordens pendentes são aquelas que são fornecidas para as corretoras para comprar um ativo a um valor que ainda não está disponibilizado, através dos conceitos de: comprar parar (buy stop), limite de compra (buy limit), venda parar (sell stop) e limite de venda (sell limit).

É necessário conhecer os tipos de ordens para ter sucesso em sua estratégia de negociação.

Outros tipos de ordens de compra e venda:
  • Obter lucros (take profit): essa ferramenta permite ao trader garantir seus lucros mesmo que os preços alterem sua direção.
  • Parar a perda de (stop loss): a ordem stop loss é extremamente útil para limitar as perdas quando os mercados não seguem conforme o esperado.
  • Limite de venda (sell limit): inclui ordens de venda limitadas que são colocadas em prática quando se espera a desvalorização de um ativo.

Além disso, todo trader precisa estar atento a termos essenciais, como: preço de exercício, preço à vista, tempos de trading e o sinal (sinais de Trading). Porque cada detalhe será essencial para manter a estratégia de trading de criptomoeda ativa e bem elaborada, tendo sucesso com as negociações. 

Negocie criptomoedas e aprenda tudo sobre trading em plataformas especializadas.
Negocie criptomoedas e aprenda tudo sobre trading em plataformas especializadas.

Lista do indicador técnico principal

Muitos traders compõem suas decisões a partir da análise com base em indicadores técnicos, que permitem uma melhor visualização do mercado como um todo. 

Dentre os indicadores preferidos nas estratégias de trading ativas comuns, encontramos:

  • Média móvel;
  • Bandas de Bollinger;
  • Índice de força relativa (RSI);
  • Nuvem Ichimoku;
  • MACD e outros.

Nos próximos tópicos, falaremos mais sobre cada um deles, trazendo demais ferramentas que podem ser úteis ao criar sua estratégia principal.  

Seja para operar ou apenas especular transações envolvendo criptomoedas, é necessário que o usuário selecione uma plataforma de trading confiável para negociar.   As plataformas irão te ajudar a analisar gráfico preço, cenários e prever possíveis desfechos de operações. Inscreva-se e conte com vantagens, seja em sua conta demonstrativa ou real.  

Estratégias básicas de trading de criptomoedas

Principais estratégias para quem deseja operar:

HODL

Muitos criptoinvestidores têm o costume de adquirir seus ativos e mantê-los por um longo período de tempo. E é a partir desse princípio que surgiu a estratégia de trading conhecida como “HODL”, que nada mais é do que “comprar e segurar” (ou no inglês: Buy & Hold).  

Day Trading & Swing Trading

Dentro da estratégia de trading de criptomoeda, encontramos o Day Trading e o Swing Trading. Embora ambas componham o Trade, que aproveita as variações de preço para comprar e vender moedas, as abordagens são levemente diferentes. 

Em ambos os casos, a ideia é aproveitar as flutuações entre moedas e obter lucro comprando por um preço menor e vendendo por um valor elevado.  A principal diferença é que o Swing Trading aborda uma janela de negociação maior, que pode levar de dias a meses. Já no Day Trading (Dia de Comércio) o tempo é de 24 horas, focando em trading de curto prazo. 

Existem vários tipos de estratégias em trading, mas você deve criar a sua conforme as necessidades pessoais de negociação.

Arbitragem

Transferir seus ativos (criptomoedas) de uma exchange para outra pode ser uma ótima maneira de colocar em prática a estratégia de trading que conhecemos como arbitragem. 

Mas assim como a volatilidade pode trazer lucros incríveis, ela pode ser um grande problema caso o investidor não seja rápido o suficiente ao processar suas negociações. Então, se decidir atuar nesta estratégia, é essencial compreender o mercado e agir de forma rápida para obter o lucro desejado. 

Trading de posição

Em todo o mercado, é possível encontrar negociantes que operam através do trading de posição. Focando na visão macroeconômica e nos índices e gráficos, tais traders assumem suas posições em um trading de longo prazo. 

A ideia por trás da estratégia é manter sua posição em um determinado ativo e aguardar até o momento em que ele esteja em sua maior tendência. Nesse caso, em vez de dar atenção máxima ao indicador técnico, o trader precisará estar atento à informações mais globais, como: taxa de desemprego, inflação e índices econômicos. 

O movimento de preço não precisa ser checado constantemente durante o trading de posição, assim como ocorre no Day Trading. Portanto, o profissional deverá estar focado nas posições e movimentos críticos do mercado.

Scalping

A estratégia Scalping tem o objetivo de obter pequenos lucros a partir de cada mudança mínima de preço que possa ocorrer. Essa técnica tem como foco um trading de curto prazo, encontrando oportunidades para ter retorno com oscilações rápidas, desbravando tendências de baixa e de alta.   

Criando sua própria estratégia e utilizando os indicadores ideais, o trader também precisa acompanhar o histórico de cotações para ter sucesso em suas ações. É por esse motivo que plataformas fornecem um histórico preciso e feed de notícias inteligente que ajuda a tomar decisões mais embasadas. 

Histórico de cotações para Bitcoin e outras criptomoedas.
Histórico de cotações para Bitcoin e outras criptomoedas.

Criação de estratégia de trading de criptomoeda

Para criar suas próprias estratégias e ter ainda mais sucesso com o ativo desejado, é essencial utilizar indicadores poderosos. Por conta disso, reunimos os principais indicadores que podem ser úteis para compor sua estratégia de trading de criptomoeda.

Indicadores úteis para criar uma estratégia de trading:

Média móvel

No universo do trading, a média móvel (MA) é um dos indicadores mais importantes quando desejamos rastrear possíveis tendências. Isso porque ela indica inversões de uma determinada tendência, e pode ser utilizada para embasar decisões. 

Enquanto a média móvel (MA) se trata de um cálculo um pouco mais básico, a média móvel exponencial (EMA) acompanha com maior rapidez a movimentação dos ativos, colocando peso maior nos dados que são mais recentes.   

Oscilador estocástico

Formado por duas linhas, esse indicador pode ser utilizado para mostrar quando um ativo está sendo sobrevendido ou sobrecomprado. O cálculo leva em consideração máximas, mínimas e média móvel, sendo que o cruzamento dos dados é um importante sinal para indicar tendências dentro dos mercados. 

Média móvel convergente e divergente (MACD)

Outro indicador muito utilizado nas análises técnicas é a divergência de convergência de média móvel (MACD), a qual detecta com rapidez tendências envolvidas ao curto prazo. Analisando a diferença entre duas médias móveis exponenciais, o negociante pode definir se é o momento ideal (ou não) para comprar. 

Dependendo da estratégia de trading escolhida, os períodos para cálculo de MACD podem ser diferentes. Mas a maioria dos investidores costuma realizar a análise focando entre 12 e 26 dias. 

Bandas de Bollinger

Também muito úteis, as Bandas de Bollinger podem indicar níveis de preços nos quais o ativo pode ter desvalorizado ou valorizado demais, sendo úteis para o estudo da volatilidade relacionada com o mercado. 

Índice de força relativa (RSI)

Contribui para que os negociantes saibam quando abrir uma posição, através da medida das flutuações de preços em termos de magnitude e velocidade. 

Linhas de Fibonacci

Ajudam a identificar zonas de alerta para possíveis resistências, suportes ou reversões. Várias estratégias de trading abordam as linhas de Fibonacci como indicadoras. Por esse motivo, é indicado conhecê-la se você pretende atuar com tais estratégias. 

Nuvem Ichimoku

O gráfico baseado nos indicadores da Nuvem Ichimoku indicam o rumo dos preços e trás informações que ajudam a negociar, como: nível de resistência, suporte e tendências. 

Desvio padrão

Responsável por medir a volatilidade do mercado, o indicador desvio padrão é capaz de descrever o intervalo em que os preços variam, levando em consideração a média móvel. 

Índice direcional médio (DMI)

Capaz de determinar se um ativo está em alta ou em baixa, o índice direcional médio não deve ser utilizado de forma isolada para basear suas experiências de compra ou venda. Mas em conjunto com demais indicadores, a ferramenta pode ser bastante útil para suas operações. 

Depois de criar sua própria estratégia de trading de criptomoeda, é recomendado testá-la para melhorar a lucratividade. Corretoras completas oferecem plataformas para testar negociações e treinar as estretágias de sua preferência, escolhendo dentre várias opções de criptomoedas disponíveis no portfólio. 

A plataforma oferece dados úteis para sua estratégia de trading.
A plataforma oferece dados úteis para sua estratégia de trading.

FAQ – Perguntas Frequentes:

Como criar uma estratégia de trading de criptomoeda?

Para criar uma estratégia eficiente para suas negociações, o primeiro passo é conhecer os principais tipos de estratégia de trading aplicadas.

Depois, verifique suas preferências pessoais: você se sente mais confortável realizando análises técnicas ou fundamentalistas? Prefere investimentos de curto ou longo prazo? Qual é o seu perfil investidor quando o assunto são riscos? Com quais indicadores prefere trabalhar?

A partir de suas respostas e preferências pessoais, ficará muito mais fácil criar uma estratégia e plano de trading conforme o estilo de negociação ideal.


Qualquer estratégia de negociação irá apresentar vantagens e desvantagens. E para definir qual é a melhor delas, tudo irá dependender de sua exposição aos riscos, estilo individual de negociação e a própria experiência dentro do mercado.

 É necessário verificar se você prefere adotar uma estratégia de investimento passivo (que espera retornos futuros) ou se prefere ações com retornos mais imediatos. Se está mais acostumado com tendências que envolvam análises técnicas ou fundamentalistas, e vários outros detalhes.

Então, a resposta para esta pergunta é um tanto quanto pessoal. E cada trader precisa definir a estratégia que mais se encaixa dentro de suas operações e seu nível de atividade.

Cada trader precisa definir um limite ou porcentagem de risco financeiro que está disponível para arriscar a cada negociação. Muitos negociantes profissionais costumam lidar com percentuais entre 1-3% de sua conta de negociação ou valor total que tem como depósito.

 O ideal é que você selecione um percentual limite e siga todas as suas operações com a mesma média. Por exemplo: se decidir o valor de 2% como o limite de risco, siga todas as suas negociações nessa faixa percentual. Desta maneira, é mais fácil manter o gerenciamento de dinheiro e evitar perdas drásticas à longo prazo.

Qualquer estratégia de trading de criptomoeda deve considerar os lotes, que se tratam do investimento de capital pessoal diretamente no mercado.

Existem várias ferramentas (como calculadoras) que podem ajudar a calcular o tamanho do lote em que se deve arriscar. Para isso, é só preencher os parâmetros principais solicitados (como instrumento, alavancagem, divisa da conta, etc) e calcular automaticamente o tamanho de lote a negociar. 

Ao estabelecer uma estratégia de trading de criptomoeda, um grande desafio é definir metas de lucro que sejam o mais prováveis e realistas possíveis. Porém, a partir de objetivos de medição, se torna mais fácil determinar uma meta de lucro mais realista.

 O objetivo de medição pode ser obtido por meio de quatro padrões comuns, que incluem: double top (topo duplo), wedge pattern (padrão em cunha), head and shoulders (cabeça e ombros) e o equidistant channel (canal equidistante).

Além disso, ferramentas como calculadoras podem ser úteis para determinar lucro ou perdas potenciais das negociações. Mas indica-se que elas sejam combinadas com as demais análises para prever de forma mais adequada o lucro potencial.

SIMPLES E CONFIÁVEL
SACAR DINHEIRO
Boleto
Visa
Mastercard
Neteller
Adv-cash
Skrill
Webmoney
MOSTRAR TUDO